Walking tour pelo centro do Rio de Janeiro

Os arcos (sem bondinho passando, está fora de operação). Foto: Talita Marchao

Você sabia que: 1- Existe um jeito “seguro” de conhecer e fotografar o centro do Rio? 2- Existe um grupo que faz o tour caminhando pelo centro naquele esquema europeu de “pague o quanto você acha que vale?” 3- Existe um passeio guiado em português pelo centrão? Sabe aquela história do “a primeira coisa que faço numa cidade europeia ZZZzzz é um walking tour para aprender a andar na cidade?”. POIS É, DÁ PRA FAZER NO RIO!




Admito que acho super difícil andar pelo centro do Rio. Tirando a rua do Ouvidor (que tem os detalhes das luminárias), não consigo identificar nenhuma outra. E o walking tour me ajudou a encontra um caminho por ali. O passeio todo é bacana, a começar pela história do passeio: eis que a moça procurou um walking tour no Rio, não achou (já que não existia) e pensou: PUXA, POSSO MONTAR UM. E montou! E apesar da enorme quantidade de gringos, a procura de brasileiros pelo rolê é bem grande, e por isso rola o tour em português, inglês e até em espanhol. Mas vamos ao passeio…

Convento no Largo da Carioca (no ponto de encontro). Foto: Talita Marchao

Fiz a caminhada com as meninas da Free Walker (e isso não é propaganda, veja bem). O ponto de encontro é o Largo da Carioca. Dá para chegar de metrô, e o grupo se reúne em baixo do relógio. De lá, elas nos contam um pouco da história do Rio (de uma forma bacana, ilustrada, juro que é legal). O grupo passa pela Confeitaria Colombo (clássico carioca, né?), pela Catedral horrorosa, pelos Arcos da Lapa, pela Escadaria Selarón, pela praça com o combo Theatro Municipal + Biblioteca Nacional + Museu de Belas Artes e termina no Paço Imperial. O passeio dura 3 horas mais ou menos e começa sempre umas 10h30.

A famosa escadaria na Lapa. Foto: Talita Marchao

O bacana é a (falsa) segurança que você sente pra andar pelo centro. Falsa, já que não tente andar ostentando a máquina fotográfica ninja e ficar falando com o namorado no celular durante o passeio (ou fotografar com o celular mesmo): acabará sem fotos. E isso não é brincadeira. A guia até orienta para não levantar muito o smartphone na hora de fazer a foto. O risco de o aparelho tomar um tapinha e voar na mão de alguém é muito alto (celulares roubados vendem como água no centro do Rio).

Elas também oferecem um walking tour em Copacabana-Ipanema. Não fiz, mas pretendo ver qual é o esquema (fica a dica).

BÔNUS: Depois do walking tour pelo centro, você tem OBRIGAÇÃO de conhecer o Real Gabinete Português de Leitura. Peça ajuda para a guia, siga o mapinha e seja feliz no lugar mais lindo do centro.

Vale o não o esforço? Olha esse lugar que sensacional!
Vale o não o esforço? Olha esse lugar que sensacional!

Para ajudar no seu planejamento:
Booking: Quer reservar hospedagem com um preço camarada, ajudar o blog e ter a opção de cancelar?
Visita ao Cristo Redentor no Corcovado
Passeio na Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro
Passeio de Bondinho no Pão de Açúcar
A vista da Vista Chinesa, no Rio de Janeiro
E a melhor vista do Rio de Janeiro é de: Niterói



Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um pensamento em “Walking tour pelo centro do Rio de Janeiro”

%d blogueiros gostam disto: