Vamos a la Playa Ancón em Trinidad (ô ô ô ô Ô)

Playa Ancón é definitivamente um dos lugares mais lindos que já vi. Isso porque eu não estive em um dos famosos cayos em Cuba (por restrições orçamentárias, e me arrependo). Mas queria muito conhecer uma praia do Caribe, e a Ancón, pertinho de Trinidad, era uma opção gratuita (e vazia durante a semana).

Existem hotéis lá, mas você pode ficar hospedado em Trinidad sem drama. É um trajeto de uns 20, 30 minutos que pode ser feito de ônibus público ou de táxi. As vantagens do ônibus são o preço e o ar condicionado.

O ônibus sai de uma esquininha perto da praça central (e não da praça da igreja). E não se deixe enganar pelos taxistas: eles dirão que o ônibus já passou, não vai passar, passará lotado, é ruim, desconfortável e tentarão cobrar até 10 CUC pelo trajeto de 12 km até a praia –e dirão que voltarão lá para te buscar no horário combinado (e o risco de não voltarem é gigantesco).

O ônibus da Viazul (ou seja, oficial do governo) custa bem menos que os 10 CUC ida e volta (eles te darão um bilhete. Guarde para garantir a volta). O primeiro sai do centro e passa neste ponto da agência de viagens às 9h. O próximo só deve sair duas horas depois (e você não quer chegar na praia 11h30, certo?). Aliás, quem chega no primeiro ônibus tem o sonho realizado de ver uma praia caribenha vazia –nesse ônibus das 11h30 chegam todos os turistas da região e acaba o encanto da praia deserta.

O esquema é descer no final do trajeto, onde a praia é mais vazia e há infraestrutura para curtir. Você paga 2 CUC (ou algo perto disso) para usar as esteiras, guarda-sol e banheiro do hotel. E o bar do hotel tem comidinhas (não recomendo) e bebidinhas (recomendo vivavemente) em preço justo. Mar calmo, cuba libre, sol e Caribe: você precisa de mais alguma coisa?

O mar é cristalino e incrível: perfeito para mergulhar! E dá para ver uns peixes mesmo sem mergulhar, só no banho de mar. Águas calmas e uns 4 km de faixa de areia para caminhar.

Fui para Playa Ancón achando que seria um dia de solidão. Engano meu! Chegando lá, fiz amizade com um chilena e uma “carariense (?)” –sim, das Ilhas Canárias. A Valentina e a Saray também se conheceram no ônibus, e passamos o dia todo bebendo e conversando em espanhol. Elas até arranharam um português!

O último ônibus volta para Trinidad às 18h30. Mas existe uma história (não quis ficar lá para ver se é real) de que no fim da tarde, a praia fica tomada por insetos e torna-se impossível ficar lá. Por isso, pegamos o ônibus de volta das 15h30. Foi um horário excelente!

Ele deixa a turma no centro, e como chega perto das 16h, dá tempo para correr e pegar a cadeca (a casa de câmbio estatal) aberta, comer algo em alguma lanchonete, comprar cartão de internet na loja oficial com fila enorme.

Quer saber mais sobre Trinidad? Contei um pouco neste post
E Santa Clara? Saiba como é a visita pela cidade famosa por Che Guevara
Planejando sua viagem para Cuba? Todas as dicas estão aqui
E o que eu achei de Cuba? O relato da melhor viagem da vida está neste post

 

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

3 pensamentos em “Vamos a la Playa Ancón em Trinidad (ô ô ô ô Ô)”

%d blogueiros gostam disto: