Sachsenhausen, o campo de concentração nazista de Berlim

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Gosto de Berlim porque a cidade é um museu a céu aberto. É Primeira Guerra, Segunda Guerra, Nazismo, Guerra Fria e reunificação alemã. Para os fãs de história, um passeio fora da cidade é obrigatório: o campo de concentração nazista de Sachsenhausen, um dos maiores da Alemanha nazista. De cara, já adianto que a energia lá é MUITO PESADA. Se você é sensitivo ou se impressiona fácil, respire fundo (mas não deixe de ir). Quando voltei, fiz questão de tirar a terra dos sapatos, e não consegui mais usar as roupas de lá no resto da viagem (parece que a bad vibe fica impregnada, sabe?)

Sachsenhausen esteve ativo entre 1936 e 1945. Foi fechado pelos soviéticos, que o transformaram em prisão. Acredite, nada de bom foi feito naquele lugar (seja sob comando nazista ou soviético). E sim, lá teve de tudo: câmara de gás, experimentos médicos com humanos, tortura, paredão de fuzilamento. Tudo. O campo tem uma réplica de um dos galpões em que os judeus eram mantidos para o visitante ter uma noção do horror.

Lá não é um lugar para você tirar fotos posadas fofas. Sachsenhausen é um lugar para aprender. Por isso, não dispense um guia — seja contratado por fora ou no próprio campo de concentração. Sachsenhausen oferece a visita guiada às terças, quintas e domingos por uns 15 euros. As visitas são feitas em inglês e espanhol.

Uma dica: se você olhar o mapa do incrível transporte público de Berlim e pensar “caramba, como chego em Sachsenhausen?”,  aqueles grupos de Free Walking Tour oferecem o passeio — dessa vez, com preço tabelado (uns 15 euros também). A vantagem: o ponto de encontro é na frente do Portão de Brandenburgo. De lá, o grupo pega o trem e faz a viagem de cerca de 1 hora até o campo de concentração (basicamente: é o mesmo preço do passeio contratado lá, mas você vai com companhia no trem, tira suas dúvidas, ouve umas histórias e faz amigos pelo caminho). Ah, e a entrada em Sachsenhausen é gratuita.

Para chegar em Sachsenhausen na raça: pegue a linha S1 (S-bahn Wannsee e Oranienburg). Chegando na estação, é só seguir as placas e o fluxo de gente. São uns 20 minutos andando.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Um pensamento em “Sachsenhausen, o campo de concentração nazista de Berlim”

%d blogueiros gostam disto: